O Miguel Portela desenvolve investigação em torno da História da região Norte do Distrito de Leiria. Publicou as obras: Ilustrar Figueiró (2008), O Fabrico do papel em Figueiró dos Vinhos no Século XVII (2012), O Mosteiro de Santa Clara de Figueiró dos Vinhos. Apontamentos para o seu estudo (2013), A exploração de ferro na região de Penela, Figueiró dos Vinhos e Tomar nos séculos XVI e XVII (2014), As Reais Ferrarias de Tomar e Figueiró: das origens ao século XVII (2016) e Figueiró dos Vinhos – 8 Séculos de História: Passado. Presente. Futuro. (2017). Entre os seus estudos destaca os seguintes títulos: A implantação regional dos Sousas na Estremadura (2012), Indícios de Cister em terras de Monsalude (Figueiró dos Vinhos) Séculos XII-XIII (2013), A Superintendência dos Tenentes de Artilharia Francisco Dufour e Pedro Dufour nas Reais Ferrarias da Foz de Alge (2013), A Igreja Matriz de Figueiró dos Vinhos: Um verdadeiro tesouro de Arte. As obras de restauro [1898-1904] (2014), A Terceira Invasão Francesa no Norte do Distrito de Leiria (2014), A indústria papeleira na região de Leiria no Portugal oitocentista (2014), Os Magalhães de Figueiró dos Vinhos: Contributo documental para o estudo genealógico da família Magalhães (2015), Uma oficina de entalhadores em Serra d’El-Rei no século XVIII. Contributo para o estudo da obra de Luís Correia, mestre entalhador da tribuna da Igreja Matriz de Maiorga (2016), Santa Teresa de Carnide entre Arquitetos. Prestígio e Mecenato (2016), Os mestres vidraceiros da Idade Moderna na Estremadura, (2016), A Azulejaria em Portugal nos séculos XVII e XVIII: Manuel Clemente, mestre ladrilhador (2016), Teotónio dos Santos: Mestre dos Azulejos da Igreja de S. João Batista de Figueiró dos Vinhos (2016), Francisco dos Santos, mestre dos azulejos da Igreja de S. Sebastião de Peniche: da atribuição à contratualização - Contributo documental inédito (2016) e Manuel da Silva mestre dos azulejos da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda de Peniche. Contributo documental inédito (2016).